O Dies Iræ

«A humanidade hodierna contorce-se por falta da luz dos verdadeiros princípios do verdadeiro Deus. O desencadeamento das paixões precipitou a humanidade sobre a areia movediça dos prazeres e milhares e milhares de homens arrastam, hoje, como uma cadeia pesada, a grinalda de rosas das suas vidas de festim. Os lares são dissolvidos, o amor casto dos esposos bruxuleia como luz prestes a apagar-se. Os suicídios e as moléstias oriundas dos vícios roubam diariamente, a milhares de mães, milhões de filhos. A mulher, tornando-se hiena, já não quer sentir amor materno e entrega-se, de corpo e alma, à infernal bestialidade pagã», discurso do Prof. Plinio Corrêa de Oliveira, a 11 de Janeiro de 1931, na inauguração dos trabalhos da Academia Jackson de Figueiredo.


Lançado, pela primeira vez, a 7 de Novembro de 2018, aquando do Sínodo dos Jovens, o portal português Dies Iræ – nome escolhido numa clara referência à vetusta sequência rezada na Liturgia Tradicional e ao Juízo Divino – nasce da inquietação de um grupo de Católicos tradicionalistas que, diante do cenário tempestuoso em que se encontrava, e encontra, a Igreja, sob a alarmante orientação de Francisco I, decidiram tomar uma atitude que se traduzisse num projecto que, realmente, informasse da situação gravíssima que assola a Santa Madre Igreja e, ao mesmo tempo, fosse um sinal de esperança para aqueles que continuam a acreditar que a Igreja Católica é, inquestionavelmente, a única Igreja fundada por Nosso Senhor Jesus Cristo e que é nela que se encontra a salvação. Tais fins realizam-se, concretamente, através da publicação e, sempre que necessário, da tradução de notícias, artigos de opinião e entrevistas sobre temáticas religiosas, políticas, sociais e, até mesmo, culturais de actual relevância. Conservando-nos fiéis à Igreja e ao Papado, porque sempre fiéis à Verdade, que é Cristo, e sob a protecção de Nossa Senhora, a medianeira de todas as graças, de São Luís Maria Grignion de Montfort, de São Pio V e de São Pio X, nossos especiais protectores. Para além disso, o portal Dies Iræ propõe-se divulgar os preciosos contributos que o Prof. Plinio Corrêa de Oliveira (1908-1995), pensador e líder Católico brasileiro, deu para a defesa da Civilização Cristã, assim como a boa literatura católica. O portal é mantido graças aos contributos, pro bono, dos seus redactores e à generosidade dos seus benfeitoresAjudando-nos a divulgar e a financiar este projecto contra-revolucionário, está a contribuir para a defesa da Civilização Cristã, ameaçada até aos seus alicerces, e para a concretização da promessa que Nossa Senhora, em 1917, fez em Fátima: «Por fim, o Meu Imaculado Coração triunfará!»