Papa Francisco revoga a permissão universal do Papa Bento XVI para a Missa Antiga

O Papa Francisco emitiu, hoje, um novo Motu Proprio restringindo a celebração da Missa Tradicional em latim e declarando que a liturgia de Paulo VI, ou Novus Ordo, é a «única expressão da lex orandi do Rito Romano». 

O documento, intitulado Traditionis Custodes, impõe várias restrições à celebração da Missa em latim, com o ponto de abertura a conter uma contradição directa do documento Summorum Pontificum, de 2007, do Papa emérito Bento XVI. Francisco declara que, enquanto Bento XVI descreveu uma forma “ordinária” e uma forma “extraordinária” do Rito Romano, agora existe apenas uma, o Novus Ordo.        

«Os livros litúrgicos promulgados pelos santos Pontífices Paulo VI e João Paulo II, em conformidade com os decretos do Concílio Vaticano II, são a única expressão da lex orandi do Rito Romano». 

Entre as novas restrições, o Papa concede um novo poder aos bispos diocesanos, efectivamente dando-lhes a capacidade de eliminarem os lugares onde é disponibilizada a Missa Tradicional.          

Descrevendo os participantes da Missa em latim com a frase peculiar «tais grupos de fiéis», Francisco ordena aos bispos que assegurem que nenhum outro grupo tem permissão para se desenvolver nas dioceses. Os bispos locais devem, adicionalmente, decidir «se manter ou não» as paróquias que disponibilizam a Missa Tradicional.

A picada está na directriz final do texto do Papa, em que parece revogar o Summorum Pontificum, com as palavras: «As normas, instruções, concessões e costumes precedentes, que não estejam em conformidade com as disposições do presente Motu Proprio, são revogadas». O texto suscitou comentários generalizados entre os católicos de todo o mundo. O famoso comentador católico diácono Nick Donnelly, descreveu-o como «o definhar e a morte do Motu Proprio».                     

Michael Haynes        

Através de LifeSiteNews

Enviar um comentário

2 Comentários

  1. GRANDE VANDALO, Bandido, é tão execrável, nojento, satanás.

    Paz e bem


    ResponderEliminar
  2. Esta é uma das piores noticias que um Cristão, pode ouvir, ver e sentir, este bandalho, está a destruir literalmente 2000 anos da Santa Igreja.

    O que mais me dói, é não haver ninguém dentro da Santa Igreja, e dê um basta, expulsar este demónio do Vaticano.

    É demais, demais, demais,

    No dia de Nossa Senhora do Carmo,

    eu até penso, que os crimes são tão execráveis, que até o Céu se fechou.

    Os poucos Cristãos estão à deriva neste grande Furacão, tormenta, tempestade, que ameaça afundar, a Barca da Santa Igreja Católica Apostólica e perecermos todos.

    Santa Mãe Maria Auxiliadora,
    Refúgio dos Cristãos,
    S.Santa Mãe de Deus,
    Não nos abandone.

    Rogai por nós, que recorremos a Vós.

    Paz e bem





    ResponderEliminar

«Tudo me é permitido, mas nem tudo é conveniente» (cf. 1Cor 6, 12).
Para esclarecimentos e comentários privados, queira escrever-nos para: info@diesirae.pt.