quarta-feira, 17 de junho de 2020

Encantar o coração de Deus



Alma devota, grava profundamente no teu espírito o seguinte ensinamento, que é comum a todos os mestres da vida espiritual: após teres cometido uma infidelidade, regressa imediatamente a Deus, mesmo que caias cem vezes ao dia; e fica em paz. [...] Entre amigos que se amam de todo o coração, não é raro que um pequeno conflito, reparado com um pedido humilde de desculpas, reforce ainda mais a amizade. Que o mesmo aconteça entre ti e Deus: utiliza as tuas faltas para tornar ainda mais estreita a tua união de amor com Ele.          

Por vezes, sentes dificuldade em tomar uma decisão ou em dar um conselho. Uma vez mais, não temas nem deixes de agir com Deus, como fazem os amigos fiéis uns com os outros, consultando-se em todas as ocasiões: consulta a Deus, pede-Lhe que te sugira a solução que estiver mais de acordo com a sua vontade. «Senhor, ponde nos meus lábios a palavra que devo dizer e no meu coração a decisão que devo tomar» (Jdt 9, 18). Sugeri-me o que quereis que eu faça ou responda, e assim farei. «Falai, Senhor, que o vosso servo escuta» (1 Sm 3, 10).

Dá a Deus outro testemunho de confiança amiga, não Lhe falando apenas das tuas coisas, mas também das coisas do próximo. Que prazer não dás ao seu coração quando, esquecendo as tuas preocupações, Lhe recordas os interesses da sua glória e os infortúnios dos outros! [...] Meu Deus, que sois digno de todo o amor, dai-Vos a conhecer e fazei-Vos amar. Que o vosso reino seja adorado e bendito por todos, que o vosso amor reine em todos os corações! [...]      

Em conclusão: se queres encantar o coração amante de Deus, procura falar-Lhe com a maior frequência possível, e até continuamente, com a maior e a mais confiante liberdade. Ele não deixará de te responder e de manter a conversa do seu lado.   

Santo Afonso Maria de Ligório, in Maneira de conversar com Deus    

Sem comentários:

Publicar um comentário

«Tudo me é permitido, mas nem tudo é conveniente» (cf. 1Cor 6, 12).
Para esclarecimentos e comentários, queira contactar: info@diesirae.pt