quarta-feira, 10 de junho de 2020

19 de Junho – Dia mundial de oração, penitência e jejum


Nós, fiéis leigos, apoiados por alguns pastores da Igreja Católica, assistimos diariamente a tantas ofensas cometidas contra Nosso Senhor Jesus Cristo, verdadeiramente presente no Santíssimo Sacramento da Eucaristia, especialmente nesta época em que, em muitos países, os fiéis são obrigados a receber a Sagrada Comunhão na mão. Esta imposição, desconhecida pela práxis da Igreja, é um ultraje à divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo e às normas universais da Santa Madre Igreja.

Propomo-nos, por isso, reparar todos os pecados cometidos contra a Eucaristia, convocando UM DIA MUNDIAL DE ORAÇÃO, PENITÊNCIA E JEJUM PARA O PRÓXIMO DIA 19 DE JUNHO, SOLENIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS.


Pedimos ao clero, aos religiosos e aos fiéis leigos que se unam a este dia de reparação eucarística das mais diversas formas: oferecendo ou participando na Santa Missa e na Hora Santa, fazendo Comunhões reparadoras, recitando o Santo Rosário, incluindo as jaculatórias ensinadas pelo Anjo de Portugal aos Pastorinhos de Fátima, meditando a Paixão do Senhor, oferecendo sacrifícios e jejuando. Também pedimos aos participantes que recitem a ladainha do Sagrado Coração de Jesus e, privada ou publicamente, renovem o Acto de Consagração ao Sagrado Coração de Jesus, conforme prescrito pelo Papa Leão XIII a 11 de Junho de 1899.

Na esperança de que seja promovida 
UMA GRANDE CRUZADA DE REPARAÇÃO, exortamos os Pastores e os fiéis a unir-se a esta iniciativa e a promovê-la o máximo possível. Invoquemos, com confiança, Jesus Eucaristia, pelos méritos de Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento: Fac cor nostrum secundum Cor Tuum.

2 comentários:

  1. Salve María!
    Deseamos participar desde Guayaquil, Ecuador

    Este es nuestro blog:

    https://buensucesoreinodemaria.blogspot.com

    ID

    Juan

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado! O texto em espanhol:
      https://sites.google.com/view/secundumcortuum/languages/espa%C3%B1ol

      Eliminar

«Tudo me é permitido, mas nem tudo é conveniente» (cf. 1Cor 6, 12).
Para esclarecimentos e comentários, queira contactar: info@diesirae.pt