sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Oração à Chaga do ombro de Jesus



Perguntando, São Bernardo, ao Divino Redentor, qual era a dor que sofrera mais e a mais desconhecida do homem, Jesus respondeu-lhe: «Eu tinha uma Chaga profundíssima no ombro sobre o qual carreguei a minha pesada Cruz; essa Chaga era mais dolorosa que as outras. Honra, pois, essa Chaga e farei tudo o que me pedires».           

ORAÇÃO     
Ó amantíssimo Jesus, manso Cordeiro de Deus, apesar de eu ser uma criatura miserável e pecadora, Vos adoro e venero a Chaga causada pelo peso da Vossa Cruz, que, dilacerando as Vossas carnes, desnudou os ossos do Vosso ombro sagrado e da qual a Vossa Mãe Dolorosa tanto se compadeceu! Também eu, ó aflitíssimo Jesus, me compadeço da Vossa dor e, do fundo do meu coração, Vos louvo, Vos glorifico e Vos agradeço pela Chaga dolorosa do Vosso ombro em que quisestes carregar a Vossa Cruz pela minha salvação! Ah, pelos sofrimentos que padecestes e que aumentaram o enorme peso da Vossa Cruz, eu Vos rogo, com muita humildade, tende piedade de mim, pobre criatura pecadora, perdoai os meus pecados e conduzi-me ao Céu pelo caminho da Cruz! Assim seja.   

Rezam-se 7 Ave-Marias e acrescenta-se: «Minha Mãe Santíssima, imprimi no meu coração as Chagas de Jesus Crucificado» (indulgência de 300 dias cada vez). «Ó dulcíssimo Jesus!» (indulgência de 100 dias cada vez).           

Sem comentários:

Publicar um comentário

«Tudo me é permitido, mas nem tudo é conveniente» (cf. 1Cor 6, 12).
Para esclarecimentos e comentários, queira contactar: info@diesirae.pt