Beata Alexandrina e a Paixão de Jesus



«Quinta-feira, dia 6, o Sr. Abade veio trazer Nosso Senhor a uma doente minha vizinha, e ao mesmo tempo trouxe também para mim. Depois de comungar, não sei como fiquei; estava fria, parecia-me que não sabia dar graças. Parecia-me ouvir dizer: “Dá-Me as tuas mãos, que as quero cravar comigo; dá-Me os teus pés, que os quero cravar comigo; dá-Me a tua cabeça, que a quero coroar de espinhos, como Me fizeram a Mim; dá-Me o teu coração, que o quero trespassar com a lança, como Me trespassaram a Mim; consagra-Me todo o teu corpo; oferece-te toda a Mim, que te quero possuir por completo”».           

Beata Alexandrina Maria da Costa, in Autobiografia

Publicar um comentário

0 Comentários