sexta-feira, 5 de junho de 2020

«A Igreja Católica é liderada por muitos falsos pastores» – Mons. Viganò



No seguimento da visita do Presidente e da senhora Trump ao Santuário Nacional João Paulo II e das críticas dirigidas pelo Arcebispo de Washington DC, Wilton Gregory, o Arcebispo Carlo Maria Viganò, ex-Núncio Apostólico nos Estados Unidos da América, dirigiu uma carta ao clero e aos fiéis da Arquidiocese norte-americana.

A graça e a paz estejam sempre convosco, em Jesus Cristo, nosso único Senhor. Mesmo já não estando entre vós, em Washington DC, como núncio apostólico, sinto-me particularmente unido a todos vós neste período de tão severas provações morais e físicas com que sois afligidos, e desejo transmitir-vos os sentimentos da minha mais profunda afeição em Cristo. 

Infelizmente, a Igreja Católica é liderada por muitos falsos pastores. Nos últimos vinte anos, a vossa Arquidiocese de Washington em particular, e agora pela terceira vez, foi e continua a ser profundamente afectada e ferida por falsos pastores, cujo modo de vida é cheio de mentiras, enganos, luxúria e corrupção. Onde quer que estiveram, foram motivo de grave escândalo para várias Igrejas locais, para todo o País e para toda a Igreja. 

Não os sigais, porque vos levarão à perdição. São mercenários. Ensinam e praticam falsidades e corrupção!           

Segui com perseverança os ensinamentos e os exemplos dos santos pastores e sacerdotes que estão entre vós.     

Maria, Mãe da Igreja, Mãe da Misericórdia, rogai e intercedei por nós junto de vosso Filho Jesus Cristo, para que tenha misericórdia de todos nós, pecadores.

Abençoo-vos de todo o coração.          

Carlo Maria Viganò, Arcebispo          

3 de Junho de 2020        

Sem comentários:

Publicar um comentário

«Tudo me é permitido, mas nem tudo é conveniente» (cf. 1Cor 6, 12).
Para esclarecimentos e comentários, queira contactar: info@diesirae.pt