quinta-feira, 6 de junho de 2019

Jesus espera, chama e recebe!



Meu Senhor Jesus Cristo, que, pelo amor que tendes aos homens, estais de noite e de dia nesse sacramento – todo cheio de piedade e de amor –, esperando, chamando e recebendo todos os que vêm visitar-Vos, eu creio firmemente que estais presente no sacramento do altar. 

Adoro-Vos desde o abismo do meu nada e dou-Vos graças por todas as mercês que me tendes feito, e especialmente por Vos haverdes dado, Vós mesmo, nesse sacramento, por me terdes concedido por advogada a Vossa Mãe, Maria Santíssima, e por me haverdes chamado a visitar-Vos neste lugar santo.           

Adoro o Vosso amantíssimo Coração e desejo adorá-l’O para três fins: primeiro, em agradecimento desta tão grande dádiva; segundo, para desagravar-Vos de todas as injúrias que tendes recebido dos Vossos inimigos neste sacramento; terceiro, porque desejo nesta vida adorar-Vos em todos os lugares da terra, onde Vós estais sacramentado com menos culto e mais desprezo.           

Oh, meu Jesus, amo-Vos com todo o meu coração. Pesa-me de tantas vezes ter ofendido a Vossa infinita bondade; prometo, ajudado com a Vossa graça, emendar-me para o futuro. E agora, miserável como sou, consagro-me todo a Vós e entrego nas Vossas mãos a minha vontade, os meus afectos, os meus desejos e tudo quanto possuo. De hoje em diante, fazei de mim, Senhor, o que Vos agradar. O que quero e Vos peço é o Vosso amor, a perseverança final e a perfeita conformidade com a Vossa Santíssima Vontade.       

Peço-Vos pelas Almas do Purgatório, e especialmente pelas mais devotas do Santíssimo Sacramento e de minha Mãe, Maria Santíssima. Rogo-Vos também por todos os pecadores e pelos não-cristãos.            

Enfim, meu amado Salvador, desejo unir todos os meus afectos e desejos aos do Vosso Santíssimo Coração e, assim unidos, ofereço-os ao Vosso Eterno Pai e peço-Lhe, em Vosso nome, que por Vosso amor os aceite. Assim seja.        

Santo Afonso Maria de Ligório   

Sem comentários:

Publicar um comentário

«Tudo me é permitido, mas nem tudo é conveniente» (cf. 1Cor 6, 12).
Para esclarecimentos e comentários, queira contactar: info@diesirae.pt