quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

O que provoca medo aos santos?


O célebre Padre Henri Lacordaire, dominicano, estava a pregar em Lion. Nunca se tinha visto semelhante sucesso, era um delírio. Certa noite, após uma das suas mais belas conferências, estando o Pe. Lacordaire num humilde aposento, onde costumava retirar-se para rezar e ficar sozinho, tocou para a refeição e ele não apareceu. Esperaram bastante tempo e, ao ver que não aparecia, um sacerdote subiu ao quarto para chamá-lo.   

E, como ninguém respondeu, entrou e viu o Pe. Lacordaire aos pés do crucifixo, com a cabeça entre as mãos, absorto numa oração entrecortada de soluços e gemidos. O sacerdote aproximou-se e, abraçando-o, perguntou-lhe:    


— Padre, o que tendes? 
— Tenho medo, respondeu o pregador.                     
— Medo? Medo de quê, Padre? 
— Tenho medo deste sucesso!  

Sem comentários:

Publicar um comentário

«Tudo me é permitido, mas nem tudo é conveniente» (cf. 1Cor 6, 12).
Para esclarecimentos e comentários, queira contactar: info@diesirae.pt